Conferência Brasileiros no Mundo 2016

Conferência Brasileiros no Mundo 2016

ConfBrasileiros_featuredO Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior do Ministério das Relações Exteriores, em parceria com a Fundação Alexandre de Gusmão, promoveu, em Salvador, de 17 a 20 de maio, a “V Conferência Brasileiros no Mundo“. Porta-vozes dos Conselho de São Francisco, Valeria Sasser e, do Conselhos de Los Angeles, Gisele Ambrosio, estavam presentes. Como representantes levaram as demandas e necessidades das comunidades brasileiras da Califórnia e das duas jurisdições consulares ao conhecimento das autoridades e representantes dos diversos ministérios e agências do governo brasileiro.

Nos primeiros dois dias do encontro foram discutidos temas como Previdência Social, Assistência Social, Gênero, Saúde, Trabalho, Investimentos, Empreendedorismo, Retorno ao Brasil, bem como questões juríudicas e outros assuntos consulares. Vários convidados e autoridades estavam presentes, entre eles,  a Caixa Econômica Federal, Correios, o Embaixador da Comunidade de Brasileiros no Exterior Carlos Alberto Simas Magalhães, o Deputado Federal Otávio Leite, o Presidente da FUNAG Sergio Lima e o Sub-Secretário Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Georgenes Marçal.

O Conselho de Cidadãos de São Francisco tem sido um atuante parceiro da comunidade brasileira junto ao Consulado Geral do Brasil em São Francisco, que atende não só nossa região, mas também os estados do Oregon, Washington e Alaska . Valeria Sasser gentilmente listou as principais conquistas e mudanças na comunidade de SF – Confira o discurso da Valeria na íntegra logo abaixo.

Screen Shot 2016-06-13 at 1.37.24 PMAlgumas das últimas ações já divulgadas pelo Conselho:

  • Em breve, o Conselho de Cidadãos (e o Consulado Geral do Brasil) divulgará informação sobre a plataforma TítuloNet, onde todos poderão transferir/pedir título de eleitor via internet, sem precisar ir ao Consulado em SF. Mais uma demanda do CRBE sendo atendida.
  • O Conselho de SF pediu uma ação do Itamaraty e do INEP junto ao Depto de Educação da CA para que desenvolvam um exame de Advanced Placement de Português para que nossas crianças ganhem o Biliteracy Seal no diploma do segundo grau e, assim, tenham seu bilinguismo reconhecido e utilizado como comprovante de língua estrangeira na universidade. O INEP é o órgão que administra o ENEM, o ENCCEJA e o Celpe-Bras, portanto já estão acostumados com a administração de exames de avaliação geral. O Conselho ainda espera os resultados do pedido.
  • Os cursos de formação de professores voltarão assim que a situação orçamentária se equilibre novamente. Promessa da DPLP, divisão do Itamaraty que cuida da difusão da nossa língua. É muito bom saber que somos apoiados em nossos esforços de promoção e ensino do Português.
  • O Conselho de SF pede ao governo brasileiro agilidade no financiamento de projetos culturais de baixo custo (de menos de $4,000), além de instalação de biblioteca com obras em língua portuguesa para várias faixas etárias, aberta ao público e até um pequeno museu, com ajuda do IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus), para registrar a história da diáspora brasileira na Califórnia. O Conselho ainda espera os resultados do pedido.

Nota do Conselho: Ainda não há um processo. Esse foi um pedido feito e que representa um dos pedidos da comunidade. O Conselho está atento a essas necessidades e àqueles que manifestaram esse demanda na pesquisa feita recentemente. Está no plano de ação do Itamaraty, mas ainda estamos aguardando os resultados do pedido.

  • A Caixa confirmou , em plenário na V CBM, o apoio à  XI Conferência do Conselho Cidadão em Novembro próximo e fará uma palestra sobre educação financeira. Estamos muito felizes com essa renovada parceria com a Caixa em benefício de nossa comunidade.

Nota do Conselho: Beatriz Viana, da Caixa, anunciou que está fechando todos os escritórios de representação no mundo, menos o dos Estados Unidos. SF, em particular, tem histórico de financiamentos altos e conta com a parceria da Caixa em nossas conferências há anos. Se você não sabia, os brasileiros podem financiar imóveis no Brasil via Caixa.


Discurso de Valeria Sasser no evento, representando o Conselho Cidadão de SF:

Boa tarde a todos! Sinto-me muito honrada pela oportunidade de me manifestar em nome do Conselho de São Francisco, CA.

Refletindo sobre a natureza do Movimento Brasileiros no Mundo, considero que nós somos exemplos vivos da revolução “Mais, Mobilidade e Mentalidade”, proposta por Moises Naum em seu livro “O Fim do Poder”. Principalmente a Mobilidade e a Mentalidade. De acordo com Naum, “Associações de imigrantes no mundo todo vem influenciando a agenda internacional de seus países através de novos canais e veículos de comunicação, sem que, com isso, torne diplomatas e até mesmo os exércitos obsoletos”, mas construindo a comunicação e sendo parceiros dos mesmos, o que tem se tornado realidade em vários países independentemente de seu tamanho, sistema político, PIB ou força militar.

Essa mudança de perspectiva e o surgimento de novas parcerias para o desenvolvimento de políticas públicas para as comunidades no exterior tem se mostrado bastante profícuo e tem avançado em áreas que se encontravam paradas havia anos. Também este movimento tem transformado a mentalidade das comunidades, onde as pessoas têm se associado cada vez mais, criando redes de suporte, mesmo que informais, e têm cada vez mais participado da política local, influenciando o desenvolvimento de políticas que atendam às suas necessidades de imigrantes. Grupos de brasileiros em mídias sociais têm surgido a todo momento e se sobressaem pelo nível e pela qualidade da informação fornecida, assim como pela participação ativa do consulado nestes grupos, melhorando sobremaneira a imagem do mesmo e ganhando cada vez mais a confiança dos brasileiros na região.

São Francisco têm percebido grandes mudanças demográficas em sua comunidade. Ainda existe grande número de brasileiros em situação irregular na jurisdição, mas aumentou consideravelmente o número de brasileiros que imigraram com vistos de trabalho, principalmente para as empresas de tecnologia do Vale do Silício. Os perfis destes brasileiros e o estado de origem são bastante diversos.

Neste contexto, o Conselho de Cidadãos de São Francisco realizou/participou das seguintes atividades desde a IV CBM, em 2013:

1. Atingiu a marca histórica da centésima reunião em abril de 2015;

2. Organizou e promoveu duas conferências para a comunidade da jurisdição consular (em 2014 e em 2015), e já está avançado no planejamento da XI Conferência, em novembro de 2016.

3. Criou o Prêmio Destaque do Ano 2015 do Conselho de Cidadãos de São Francisco, que reconheceu a excelência dos serviços prestados pela comunidade, na comunidade.

4. Enviou conselheiro para participar da Semana Binacional de Saúde em São Francisco;

5. Enviou conselheiro para participar da I Conferência sobre Questões de Gênero na Imigração Brasileira, realizada em Brasília, entre os dias 24 e 26 de junho de 2015;

6. Realizou duas celebrações em conjunto com o Consulado de Portugal pelo Dia da Língua Portuguesa (2014 e 2015);

7. Elaborou cartilhas e panfletos sobre violência doméstica, e promoverá oficinas para lideranças comunitárias e palestra para as mulheres brasileiras da jurisdição, nos moldes das palestras realizadas em Los Angeles e outros materiais informativos sobre a central internacional de atendimento à mulher brasileira no exterior com recursos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos;

8. Participou da consulta pública e enviou petição à membros do Congresso Nacional sobre o PL07841/2014, que trata da revalidação de diplomas e títulos emitidos no exterior;

9. Criou nova página no facebook (https://www.facebook.com/Conselho-de-Cidad%C3%A3os-Brasileiros-de-SF-685538964909008/timeline );

10. Fez várias pesquisas online na comunidade brasileira local sobre alguns assuntos de interesse da mesma (revalidação de diploma, carteira de matrícula consular, questões de gênero em preparação para a conferência, disputa de guarda e subtração de menores, dentre outras);

11. Colaborou com o Conselho de Cidadãos de Los Angeles, criando pesquisa para os colegas daquele conselho;

12. Mandou carta para o MRE pedindo providências sobre a necessidade de acelerar a emissão das carteiras de matrícula consular;

13. Elaborou e aprovou seu regimento interno;

14. Foi consultado e enviou perguntas para mesa redonda sobre a Geração Y (Millennials) com quatro membros do Congresso Federal americano: Eric Swalwell – CA (East Bay), Congressman Ruben Gallego – AZ (Phoenix), Congressman Derek Kilmer- WA (Tacoma) e Congressman Pete Aguilar – CA (Inland Empire).

15. Colaborou com o MRE como subject matter expert em relação ao conteúdo programático de oficina para funcionários dos consulados sobre a comunidade LGBT;

16. Enviou conselheiro para participar do Diálogos sobre Política Externa no MRE, realizado  em Brasília, em março de 2014;

17. Participou das reuniões do CRBE sempre que convidado ou sobre sua área temática;

18. Participou em vários eventos sociais na comunidade, incluindo festas típicas públicas para os brasileirinhos.

19. Alguns de seus membros têm participado ativamente da elaboração de políticas públicas nos governos locais.

Além dos itens que ainda se encontram pendentes no Plano de Ação do MRE-CRBE, São Francisco trouxe à V Conferência Brasileiros no Mundo as seguintes demandas para acrescentar ao mesmo:

  • Que os brasileiros nascidos no exterior de pais ou pai ou mãe brasileiros sejam considerados brasileiros imediatamente de seu registro  de nascimento, a qualquer tempo, e sem a necessidade de residência no Brasil ou petição ao STJ, à exemplo dos EUA. 
  • Que o MRE fomente parceria com o legislativo para que possamos ter solução àquelas demandas que precisam de mudanças nas leis. Por exemplo, o PL07841/2014, que trata da revalidação de diplomas e títulos emitidos no exterior; 
  • Ampliação e melhoria do serviço consular, desde o atendimento telefônico do posto até o número de funcionários para atender à demanda que não para de crescer. 
  • Clareza nas informações sobre os serviços consulares e revisão cuidadosa para que se evitem contradições e sejam um ponto facilitador do bom serviço consular. 
  • Criação de fundo dedicado, no orçamento do Departamento Cultural, que possibilite a liberação desburocratizada de recursos para projetos culturais/educacionais de pequeno e médio portes (até 5k).
  • Apoio para criação de pequenas bibliotecas de língua portuguesa em locais de grande concentração de brasileiros (estimado em cerca de 2.000)
  • Abertura de Centros Culturais Brasileiros nos Estados Unidos.
  • Retorno do exame ENCCEJA à SF
  • Força-tarefa do MRE e INEP para desenvolvimento de exame AP de Português para os EUA.
  • Revalidação de diplomas: gestão para mudanças na LDB que atendam à necessidade dos Brasileiros no Exterior e que o Brasil entre no século XXI e realize trocas acadêmicas relevantes e preciosas de maneira global.
  • Apoio às emendas constitucionais que criem representação dos brasileiros no exterior no congresso nacional, a exemplo da PEC05/2005.
  • Parcerias e ações para fornecer orientação e oferecer serviços de saúde e bem-estar em português

Muito obrigada, Valeria

valeria

Valéria Sasser é jornalista, mora nos EUA desde 1999, trabalha no Judicial Council of CA e na difusão da língua portuguesa continuamente desde 2007. M.A. em Educação – Língua de Herança pela SFSU e B.A. em Humanidades e Estudos Culturais pela Dominican University of CA. Porta-Voz do Conselho de Cidadãos de São Francisco, atual Coordenador de Comunicação do CRBE – Conselho de Representates dos Brasileiros no Exterior e co-fundadora do IBEC -Instituto Brasil de Educação e Cultura.

 

 

The following two tabs change content below.

BRAVE - Brasileiras do Vale

Integrar a mulher brasileira imigrante e fortalecer a comunidade brasileira feminina no exterior.

Latest posts by BRAVE - Brasileiras do Vale (see all)

FB Comments

comments

2017-07-18T05:55:10+00:00

About the Author:

Integrar a mulher brasileira imigrante e fortalecer a comunidade brasileira feminina no exterior.

One Comment

  1. Fernanda July 5, 2016 at 9:47 pm - Reply

    Muito interessante saber de todo esse envolvimento da comunidade brasileira pelo mundo. Tenho muito interesse que a língua Portuguesa continue forte e me esforço para que ela seja a língua falada na nossa casa mesmo depois de anos vivendo nos EUA. Obrigada por toda essa dedicação.

Leave A Comment