Outubro Rosa – Mês de Prevenção do Câncer de Mama

Outubro Rosa – Mês de Prevenção do Câncer de Mama

Por Dra. Erika Balassiano

outubrorosa_featuredO câncer de mama é o câncer mais diagnosticado em mulheres em todo o mundo. São mais de um milhão de casos anualmente! Esse terrível vilão é, também, a segunda principal causa de morte por câncer em mulheres nos Estados Unidos, sendo apenas secundário ao câncer de pulmão. O risco de uma mulher desenvolver câncer de mama durante sua vida é de 12% (o que significa que UMA a cada OITO mulheres serão diagnosticadas). Somente nesse país em que vivemos, são cerca de 40 mil mortes por câncer de mama todos os anos!

Esses números assustam bastante, mas também explicam o porquê da importância de prevenir e diagnosticar precocemente o câncer de mama. Temos uma importante arma contra essa doença em nossas mãos: A PREVENÇÃO! Por isso, o mês de outubro é considerado, no mundo todo, o mês de prevenção do câncer de mama, um mês de conscientização.

A prevenção é baseada em 3 pilares principais:

mammogram-281x300Primeiramente, a mamografia. As recomendações para frequência de realização da mamografia variam um pouco entre as diferentes organizações médicas (Colégio Americano de Ginecologia e Obstetrícia, Sociedade Americana de Câncer, Instituto Nacional de Câncer, entre outras) e mesmo entre Brasil e Estados Unidos. Porém, no geral, a mamografia é recomendada anualmente ou a cada dois anos para mulheres entre 40 e 50 anos e todo ano a partir dos 50 anos de idade. Tumores detectados no estágio inicial da doença são menores e mais responsivos ao tratamento, seja cirúrgico ou quimioterápico.

O segundo pilar é o exame clínico anual. É de extrema importância visitar seu ginecologista para o exame físico das mamas. Esse exame é recomendado para mulheres a partir dos 20 anos de idade a cada um a três anos, e anualmente para mulheres a partir dos 40 anos. Seu médico é capaz de identificar nódulos com apenas 1 cm de tamanho. Quase 90% dos tumores medindo um centímetro ou menos podem ser curados apenas com cirurgia.

blausen_0144_breastselfexam_3methodsO terceiro, e não menos importante pilar, é o auto-exame de mama, mais conhecido atualmente como auto-conhecimento dos seios. É essencial conhecer seu próprio corpo, o que não necessariamente significa conhecer a técnica para o auto-exame. Saber identificar o que é normal permite que você relate ao seu médico alguma mudança que possa ter ocorrido entre as consultas médicas e as mamografias anuais. Cerca de 50% dos casos de câncer de mama em mulheres acima de 50 anos são diagnosticados pela própria mulher. Esse número aumenta para mais de 70% quando o câncer é diagnosticado em mulheres mais jovens.

Vale a pena enfatizar que essas são as recomendações para a população em geral. Dependendo do seu histórico familiar, você pode precisar fazer outros testes preventivos ou mesmo exames genéticos. Até mesmo resonancia magnética das mamas pode ser necessária caso se tenha um histórico de câncer na família. A visita ao ginecologista também é o momento ideal para você atualizar seu médico sobre sua história familiar e possíveis doenças que estejam acometendo seus familiares e parentes.

Sejamos conscientes e informadas. Assim estaremos mais preparadas na luta contra o câncer de mama e em prol das mulheres. A prevenção e o diagnóstico precoce são nossas principais armas.breast-cancer

The following two tabs change content below.

BRAVE - Brasileiras do Vale

Integrar a mulher brasileira imigrante e fortalecer a comunidade brasileira feminina no exterior.

Latest posts by BRAVE - Brasileiras do Vale (see all)

FB Comments

comments

2017-11-18T19:48:05+00:00

About the Author:

Integrar a mulher brasileira imigrante e fortalecer a comunidade brasileira feminina no exterior.