Por que não devemos comprar animais

Por que não devemos comprar animais

por Thaisa Fernandes

post-adocao

“Um animal é um ser senciente porque tem a capacidade de sentir — sensações e sentimentos”. Senciência é a capacidade que um ser tem de sentir conscientemente algo, ou seja, de ter percepções conscientes do que lhe acontece e do que o rodeia.  Fonte

Algumas pessoas pediram para que eu escrevesse esse post sobre a importância de não se comprar animais de estimação.

1-bdmxxytpzeeypxxoqrx-ka1-9am1dw-mhskmlk9puk-wa

 

 

 

 

 

 

 

 

A primeira coisa que temos que ter em mente é que animais não foram feitos para suprir as necessidades dos humanos. Adotar um animal de estimação não é algo unilateral. O animal precisa de afeto, de cuidados e assim como você, vai ficar doente e velho, portanto essa relação deverá ser sempre bilateral!

Animais não deveriam ser produtos, eles são seres que sentem conscientemente e amam. Eles também têm a necessidade de serem amados e cuidados. Então vamos combinar que eles também não deveriam ser fonte de renda e lucro!

Quem compra animais de estimação muitas vezes não têm ideia do que elas na verdade estão financiando, porque esse assunto não é muito discutido e comentado entre as pessoas. E muitas nem sabem que é possível adotar animais ou acham que é melhor comprar um filhote de raça ao invés de adotar um animal mais velho, por exemplo. O nome disso é apenas falta de informação. Por isso é muito importante que você abra a sua mente e comece a falar sobre esse assunto com amigos e conhecidos.

Informação é poder!

1-yh3yhjax1-mrr286i4q5kq

De onde vem aquele filhotinho tão pequenininho do petshop e da feira?

Eles vêm de um criadouro, a fêmea que é chamada de “matriz” e tem um filhote a cada cio. Muitas vezes elas ficam amarradas para que fique mais fácil o cruzamento. E adivinha? Quando ela fica muito velha e impossibilitada para reprodução é descartada ou morta. Elas acabam contraindo abscessos nas mamas devido a constante lactação. O mesmo acontece com os machos, alguns vão também para exposições e quando velhos ou com problema de saúde, também são facilmente descartados ou mortos. E os filhotes? Até irem para a feira ou petshop são presos em lugares pequenos e super lotados.

Além de seres desmamados forçadamente muito pequenos.

“A Ética é enfática: comprar e vender cães, gatos, pássaros, roedores etc. é tão errado quanto fazer o mesmo com seres humanos” segundo Robson Fernando de Sousa, do ANDA. “Esse comércio acontece única e exclusivamente porque aos animais não humanos são designadas ‘utilidades’, ‘funções’ que dizem respeito a interesses unicamente humanos, nunca aos interesses e necessidades dos animais objetos da prática”.

Ah, mas aí você está exagerando e falando do caso mais extremo.

Mas imagina se você fosse um produto e as pessoas lucrassem com a sua venda?

Eu sei que você cuida muito bem do seu animal de estimação e não o vê como mercadoria, mas o mercado enxerga esse animal como mercadoria. Para cada animal comprado, um outro animal abandonado ou sem lar deixa de ser adotado. Pense nisso!

1-whyctbhrp4v5mztug__63q

O que eu devo fazer então?

Olha, nós humanos já causamos o mal que foi pegar um animal selvagem e domesticá-lo, então o mínimo que podemos fazer hoje é cuidar deles. É o nosso dever adotar esses animais que foram retirados de seu habitat natural, e hoje já não sabem mais viver na vida selvagem.

Temos que proteger esses animais e fazer com que a sua população pare de crescer. Sim, pare de crescer. Você já pensou na quantidade de animais que não encontraram um lar ou que foram abandonados/descartados?

Segundo o ANDA, a Organização Mundial da Saúde estima que só no Brasil existam mais de 30 milhões de animais abandonados, entre 10 milhões de gatos e 20 milhões de cães. Nos Estados Unidos os números não são muito diferentes, de acordo com o ASPCA:

• Aproximadamente 7,6 milhões de animais entram em abrigos a cada ano. Destes, cerca de 3,9 milhões são cães e 3,4 milhões são gatos
• Cada ano, cerca de 2,7 milhões de animais são mortos – 1,2 milhões de cães e gatos 1,4 milhões
• Dos cães que entram os abrigos, cerca de 35% são adotados e 31% são mortos
• Dos gatos que entram em abrigos, cerca de 37% são adotadas e 41% são mortos

Além de filhotes vocês também podem adotar animais mais velhos. Já pensou nisso?

1-dkwky8qkvauz2vsucrv_og

Benefícios da adoção de animais mais velhos

Já pensou em adotar animais mais velhos? Muitos animais passam anos e anos morando nas ruas ou mesmo nos abrigos esperando serem adotados. E você pode realmente mudar a vida de um animalzinho desses se quiser!

E quais os benefícios?

1) Você já conhece a personalidade e tamanho do animal

Quando o animal é um filhotinho fica difícil saber como será a personalidade e até o tamanho do bichinho. Adotando um animal mais velho você já vai saber essas coisas, olha que beleza!

2) Não destroem a sua casa e dão menos trabalho

Eles já cresceram e os dentes não coçam. Eles não estão descobrindo sabores e texturas mais. Eles têm menos energia e por isso demandam menos da gente, pois precisam de menos supervisão e treinamento.

3) Você está salvando uma vida

Você pode salvar um animal que vive na rua ou em abrigo, que possivelmente poderia sofrer um ataque de um ser humano ou mesmo de um outro animal. São animais que serão eternamente gratos por sua bondade. Esse ato inclusive pode estreitar o relacionamento de vocês fazendo que vocês fiquem mais inseparáveis e amigos.

Não financie uma indústria de vidas!

1-nzesbmcs07up8doprgruqw

PS: As fotos desse post foram tiradas por mim. Alguns são gatos e cachorros de amigas, outros encontrei no parque ou em viagens. E as estrelas do post são as minhas fofurinhas que obviamente foram adotadas: Pirata, Lisa e Moleque. Pirata é um gatinho muito fofinho que foi abandonado depois de perder um olhinho. Lisa foi encontrada no esgoto muito pequenininha junto com o seu irmãozinho que infelizmente não sobreviveu. Moleque foi adotado quando a sua tutora não pode mais cuidar de sua bolinha de pêlo devido a problemas e complicações de saúde. Todos são muito amados, nasceram no Brasil, atualmente moram na Califórnia e são muito felizes!

Links interessantes:

• A questão ética da comercialização de animais domésticos
• Benefícios de adotar um animal de estimação mais velho
• Exploração comercial e genética de cães e gatos
• Pesquisa Hospital Veterinário de Banfield
• Animais abandonados nos EUA

Gostou do texto?

Você pode acessar o meu blog para mais conteúdo como este.

Aproveite para me seguir nas redes sociais:
Me siga no Twitter | Facebook | Instagram | Google Plus

thaisaThaisa Fernandes é uma Mineira que morou, também, em São Paulo e tem dois sotaques. Decidiu morar em San Francisco para trabalhar com tecnologia e ser ainda mais hippie. Trabalha como Gerente de Projetos e tenta ser pinup nas horas vagas. Gosta de passar o seu tempo livre com o marido, cachorro e dois gatos. Seu esporte favorito é provar todos os chai lattes da cidade e ir em restaurantes de comida imigrante, também gosta de pedalar e correr no parque com o seu pug.

The following two tabs change content below.

BRAVE - Brasileiras do Vale

Integrar a mulher brasileira imigrante e fortalecer a comunidade brasileira feminina no exterior.

Latest posts by BRAVE - Brasileiras do Vale (see all)

FB Comments

comments

2017-11-18T19:24:59+00:00

About the Author:

Integrar a mulher brasileira imigrante e fortalecer a comunidade brasileira feminina no exterior.

Leave A Comment