Amizade Feminina

Amizade Feminina

Estamos sempre aprendendo, evoluindo, mudando conceitos. Eu, por exemplo, já fui daquelas mulheres que se sentia orgulhosa de ter mais amigos homens do que amigas mulheres. A nossa criação machista, sempre mostrando como mulheres e homens são diferentes, faziam meu lado prático e racional achar que eu tinha mais afinidades com o sexo masculino.

Ah não tenho paciência para drama! #quemnunca

Como se só mulheres fossem dramáticas, né mesmo?

Já faz tempo que tenho ao meu redor amizades femininas de longo prazo. Pois elas foram ficando, e ao longo do caminho fui cultivando mais. O que mudou, há pouco tempo, foi a consciência desse meu comportamento errado (e outros) que veio com a minha “iniciação” ao feminismo.

Digo iniciação, porque o feminismo tem uma história longa e complexa, cheia de pontos de vistas e vozes diferentes e é importante estar sempre aberta a aprender. Cada dia me sinto mais feminista, cada dia entendo mais a necessidade do movimento, e tento ser mais ativista.

O assunto que eu resolvi falar nesse mês do dia Internacional das Mulheres é sobre a importância da amizade entre mulheres. Não somos rivais e competitivas como a mídia nos faz acreditar – já reparou nas novelas, como sempre nos colocam em pólos opostos? Uma boa e outra má.

Pelo contrário, como lí por aí, construir relações com outras mulheres é um poderoso ato feminista. Quando estamos juntas, crescemos juntas, e isso, por si só, é uma forma de resistência.

Vira e mexe compartilham no grupo sobre o estudo de Stanford que diz como é importante para saúde da mulher ter amigas mulheres. O “girl time” nos faz bem, seja ele presencial ou online. E um ótimo exemplo é o nosso grupo do facebook: no meio do dia corrido, entramos no grupo, olhamos as perguntas, e queremos resolver os problemas, encontrar alternativas. Ajudar umas às outras nos faz bem!

Strong women – may we know them, be them, raise them!

Reflita aqui comigo, em todas as nossas fases, temos a presença feminina lá. Um colo ou puxão de orelha, brindando com você, ou enxugando as lágrimas. E nessa vida de expatriada, ter uma amiga brasileira que realmente nos entende é essencial.

Se você já quis fazer algo, se posicionar, tomar uma atitude, mas não sabe como começar, aqui está um importante primeiro passo: incentivar a amizade feminina, já é um começo. Apoiar outras mulheres é algo que está ao alcance de todo mundo. É só querermos e mudarmos de atitude. Temos que ser as primeiras a não cultivar a competição entre nós. Quando você ouvir que mulheres são falsas, invejosas, etc. Rebata! Mostre quantas amigas você tem, divida sua experiência, sua vivência.

Então fica aqui meu pedido nesse mês de celebrações e reflexões: elogie suas amigas… Mas sem usar nada que remeta a aparência delas. Somos lindas mesmo. Mas somos mais que isso, temos tantas outras qualidades. Posso contar com você?

 

The following two tabs change content below.

Angela Teodoro

Santista de coração e cidade. Vivendo o "California Dream" desde 2011. Foi advogada em sua vida passada e hoje se aventura na área de Marketing e Comunicação. “Nerd desde criancinha”, está sempre conectada e conectando.

Latest posts by Angela Teodoro (see all)

FB Comments

comments

2017-11-18T19:23:23+00:00

About the Author:

Santista de coração e cidade. Vivendo o "California Dream" desde 2011. Foi advogada em sua vida passada e hoje se aventura na área de Marketing e Comunicação. “Nerd desde criancinha”, está sempre conectada e conectando.

Leave A Comment