Você provavelmente já ouviu falar mais de uma vez que ‘muita mulher junta não dá certo’, que mulheres são ‘competitivas’, que ‘não apoiam umas as outras’ e que ‘lugar com muitas mulheres <especialmente no trabalho>, é lugar de intriga’.

Mas por que será que todo mundo diz isso?

De acordo com Peggy Klaus, leadership coach, a mulher até hoje enfrentou milhares de barreiras para entrar e permanecer no mercado de trabalho. Mas a maior delas ainda está por ser vencida: como nós, mulheres, nos relacionamos umas com as outras: como nos tratamos e como nos apoiamos (ou deixamos de nos apoiar) ao longo de nossas carreiras.

No artigo, ela levanta as teorias por trás desse comportamento. Algumas teorias relatam a competição pelos poucos cargos onde aceitam (e respeitam) as mulheres. Outras, indicam que a mulher não compete, mas que evita ajudar outra mulher para não parecer “favoritismo” – e com isso, acabam favorecendo os homens. Seja qual for a teoria, elas mostram como nós ainda hoje impedimos, mesmo que indiretamente e inconscientemente, o crescimento de outras mulheres; e que mesmo com todos os movimentos sociais lutando a favor da paridade salarial e contra tantas causas de desigualdades e injustiças, ainda deixamos prevalecer esse ambiente de competição entre nós.

Neste artigo da Forbes sobre o assunto, a autora resumiu algumas situações que podem ser o motivo dessa competitividade feminina:

  • A teoria que esse mau comportamento pertence ao “ser feminino”- psicológico, cultural e socialmente
  • Vivemos em uma sociedade machista
  • Entramos recentemente em muitas áreas profissionais que por anos eram apenas lideradas por homens
  • Trabalhamos muito (dentro e fora de casa)
  • As mulheres não são encorajadas a lidar com suas frustrações e raiva quando crianças
  • As mulheres competem apenas com mulheres
  • Muitas mulheres não fazem planos de carreira

É extremamente necessário continuar os esforços para diminuir a competição e iniciar um movimento de colaboração entre mulheres. Seguem algumas dicas práticas de como você pode colaborar:

  • Comece a pensar em mulheres como aliadas, não inimigas
  • Peça ajuda também a mulheres ao longo de sua carreira, e reforce a importância desse apoio junto a cada uma delas
  • Ofereça mentoria a mulheres que podem se beneficiar de seus conselhos
  • Apoie uma outra mulher no seu ambiente de trabalho, escola ou comunidade
  • Organize o seu tempo em casa e no trabalho e dedique parte dele a ajudar pelo menos uma mulher
  • Faça seu plano de carreira – leia “Your Career, Your Way!”
  • Ensine outra mulher a desenvolver um plano de carreira.

O Brasileiras do Vale surgiu um pouco da necessidade de termos um lugar pra trocar experiências, nos conectar e diminuir esses e outros desafios que todas nós enfrentamos. Hoje, além de ajudar as brasileiras imigrantes da região, queremos fomentar a união entre as mulheres dessa comunidade.

A equipe por trás do Brasileiras do Vale, atualmente, é composta por seis mulheres que, apesar de não se conhecerem pessoalmente no início, foram se conhecendo e aprendendo a trabalhar juntas em prol de um único objetivo. Com elas, surgiram tantas outras: colunistas, voluntárias, designers, fotógrafas, mentoras, conselheiras… todas com uma vida igualmente atribulada com o cuidado da casa, família e amigos, algumas com filhos, animais de estimação e/ou trabalho. Mesmo assim, cada uma delas encontra tempo e disposição para continuar nessa empreitada.

Nosso muito obrigada a todas vocês que nos apoiam direta ou indiretamente. Agradecimento especiais: a nossas mentoras e conselheiras Andrea Litto, Maria Oliveira, Mariangela Smania, Renata Naoumov, Silvia Avary e Tatiana Hochgreb. A nossas voluntárias e colaboradoras Amanda Branco, Andrea Oliveira, Leticia Gorito, Soraia Schmidt e Patrícia Queiroz.

Nosso obrigada também a tantas outras que já fizeram parte da nossa equipe e que contribuíram para o que o BV é hoje, entre elas: Adriana Veres, Jessica Toyota, Luciana Peixoto e Waldana Helin. Temos sorte de poder contar com essas mulheres de personalidades e opiniões fortes, com histórias incríveis e que ainda hoje estão envolvidas de certa forma com a nossa missão – AJUDAR MULHERES!

E assim, depois de pouco mais de quatro anos de estrada, um prêmio, várias parcerias e muita história, o Brasileiras do Vale continua seu trabalho. E não é que muita mulher junta deu (e continua dando) certo?


Comece hoje apoiando outras mulheres. Venham e se juntem a nós nessa missão. Juntas podemos fazer ainda mais coisas.

The following two tabs change content below.

BRAVE - Brasileiras do Vale

Integrar a mulher brasileira imigrante e fortalecer a comunidade brasileira feminina no exterior.

Latest posts by BRAVE - Brasileiras do Vale (see all)

FB Comments

comments