Expatrichato?

Um dos nossos maiores desafios é ‘mudarmos a nossa forma de vida dentro da própria vida’. Fácil não é, e nunca será.