Giovanna e seu filho, Matteo. Foto: Acervo Pessoal.

Giovanna, natural de Brasília e com passagem por Minas Gerais, atualmente chama Woodbridge Township, Nova Jersey, de lar. Sua trajetória é repleta de histórias que permeiam a fusão cultural de Nova York, dos bastidores do teatro e eventos a desafios corporativos. Hoje, o que começou como uma breve experiência solo de morar um tempo fora se consolidou como uma jornada compartilhada, agora marcada pela maternidade.

A mudança para os EUA: primeiros passos na cidade que nunca dorme

Antes de se mudar para os Estados Unidos, Giovanna, com experiência em atuação e produção teatral, trabalhava na Rede Minas, uma TV pública de caráter cultural e educativo. No entanto, em 2013, Giovanna se deparou com uma onda de demissões decorrentes do ajuste de politicas públicas, que resultou na dispensa da maioria dos funcionários para abrir espaço para futuros servidores contratados por meio de concurso público. Diante desse cenário desafiador, ela tomou uma decisão que iria mudar Sua História: aproveitar sua recisão para concretizar o sonho de passar uma temporada em Nova York.

Ao chegar em NYC em 2014, Giovanna mergulhou na cena teatral, vivenciando de perto ensaios e produções de diversas companhias teatrais locais. Essa fase importante de sua jornada a aproximou de um companhia brasileira chamada Group.BR, a única companhia de teatro brasileiro em Nova York. Foi assim que conheceu a brasileira Debora Balardini, co-fundadora da Group.BR.Debora, que estava em processo de abrir um espaço multicultural e versátil de eventos, convidou Giovanna para conhecer o então chamado Punto Space e trabalhar como produtora do espaço. Essa oportunidade marcou o início do processo de imigração de Giovanna, quando aplicou para o visto de trabalho patrocinado pelo Punto Space.

Em 2015, o Punto Space abriu suas portas no coração do Distrito Fashion. Ao perceber a necessidade de estabelecer um departamento de marketing, Giovanna liderou a criação, e, ao longo de 4 anos, a coordenação da equipe de marketing do local, desenvolvendo guia de marca, missão, visão, público-alvo, estratégias de mídias social e comunicação. Além disso, colaborou com renomadas empresas como L’Oréal, Netflix e marcas do New York Fashion Week.

 

Desenvolvimento de carreira: uma jornada cultural

A adaptação ao ambiente de trabalho nos Estados Unidos foi um desafio para Giovanna. Acostumada a um ambiente mais acolhedor no Brasil, ela teve que ajustar-se à estrutura mais específica e segmentada das funções nos Estados Unidos. Superar os questionamentos externos e internos sobre suas habilidades foi um processo gradual, mas Giovanna rapidamente percebeu que suabagagem cultural não era uma limitação, mas sim um valioso recurso.

No final de 2019, Giovanna ingressou na equipe do Gympass, uma empresa Brasileira com sede nos Estados Unidos. Desde então, ela tem percorrido diversas posições, iniciando na comunicação corporativa, passando pela área de eventos e, finalmente, chegando ao marketing de produto, sua posição atual. Apesar das mudanças de função, um elemento constante em sua trajetória foi a construção orgânica de relacionamentos com propósito e o apoio dedicado aos seus colegas. Além de suas habilidades profissionais, essa qualidade é intrínseca à sua personalidade. “Eu acredito na liderança baseada na empatia. Minha visão é única, mas nunca superior, e sempre preciso do outro. A máxima de que ninguém faz nada sozinho permanece mais atual do que nunca”, enfatiza Giovanna.

Alegrias e desafios da Maternidade nos EUA

Nos últimos anos, a maternidade se revelou como uma verdadeira virada de chave na vida de Giovanna, transformando significativamente seu mundo: “Muda tudo”, resume a mãe de Matteo, 2 anos. Apesar das inúmeras alegrias que a maternidade trouxe, Giovanna também se deparou com desafios únicos. A experiência de estar grávida durante a pandemia, afastada da família e amigos próximos, tornou-se uma jornada desafiadora.

Momento família: Giovanna, Matteo e Alan

A nova vivência trouxe consigo desafios culturais inéditos para Giovanna, destacando a necessidade de compreender os direitos das gestantes e as leis trabalhistas nos Estados Unidos relacionadas à maternidade. Giovanna compartilha que, nos Estados Unidos, há ainda um longo caminho a percorrer para proporcionar um olhar mais humanizado às mulheres grávidas e mães, abrangendo desde suporte médico até apoio educacional.

A gravidez durante a pandemia intensificou a sensação de falta de acolhimento, impulsionando Giovanna a buscar apoio profissional por meio da terapia. Essa experiência nos faz refletir a importância de promover uma abordagem mais compreensiva e empática às necessidades das mulheres grávidas e mães.

Após o nascimento do filho, o trabalho remoto tornou-se um privilégio. Sempre sintonizada com a cultura brasileira, ela considera cada oportunidade de transmitir suas raízes ao filho como uma valiosa herança: “Se eu puder deixar um legado para ele, será a brasilidade, um traço único em sua identidade”.

Sobre a volta ao ambiente corporativo pós maternidade, Giovana afirma que quer continuar crescendo como mulher profissional e também como mãe.

Comunidade e Conexões

Atualmente, Giovanna participa de um grupo de WhatsApp de mães brasileiras em NYC e mantém muitas amizades que construiu na comunidade artística brasileira na cidade. Ela destaca a relevância dessas conexões, sublinhando que viver nos EUA sem acesso a uma comunidade brasileira torna a experiência bastante desafiadora. Sua história é um legado de brasileiridade, equilíbrio e uma busca constante por crescimento, tanto profissional quanto pessoal.

Próximos capítulos: continue acompanhando a história da Giovanna no LinkedIn e Instagram.

Até a próxima!